Álcool e volante = 13% das mortes no trânsito de Campinas

Com informações da CBN Campinas
Os acidentes de trânsito em Campinas causaram 74 mortes dentro da cidade em 2016, segundo estatística da Emdec, a Empresa Municipal de Desenvolvimento de Campinas. De acordo com os dados de acidentalidade, 13,5% dos motoristas que morreram haviam consumido bebida alcoólica.

SAIBA MAIS: o levantamento é parte das ações da campanha Maio Amarela

Ao todo, 10 vítimas fatais tiveram o nível de álcool no sangue acima do permitido. Os motoristas que circulam nas ruas e avenidas já conhecem os efeitos da bebida nos reflexos e o perigo que uma pessoa embriagada causa até para os outros veículos.

O coordenador do SAMU, Serviço de Atendimento Móvel de Urgência, José Roberto Hansen, órgão responsável pelo atendimento a muitos feridos em acidentes de trânsito, crê que ainda falta conscientização dos motoristas que bebem e dirigem.

VEJA TAMBÉM: número de mortes no trânsito cai, mas ainda assustam

Segundo o levantamento da Emdec, 80% dos mortos em acidentes de trânsito sob efeito de bebida alcoólica estão na faixa entre 18 e 35 anos.