Em breve o tempo frio vai chegar e é hora de se preparar para a baixa umidade do ar, manhãs frias, poluição, garoa durante o dia e noites geladas.

E não é só a pele que sente os efeitos da temperatura mais baixa: o cabelo também sofre.








“Nos dias de frio, os cabelos também estão expostos a agressões que podem danificá-los, ressecá-los e deixá-los sem brilho e sem vida. São ventos mais fortes, baixa umidade e poluição. Portanto, caso os cuidados necessários sejam adotados imediatamente, com toda certeza os cabelos estarão lindos e sedosos, preparados para o próximo verão”, comenta Mika Yamaguchi, farmacêutica e diretora científica da Biotec Dermocosméticos.

Segundo a farmacêutica, os componentes naturais são os mais indicados durante as baixas temperaturas, pois eles auxiliam no aumento da circulação, oxigenação e hidratação do couro cabeludo como, por exemplo, as proteínas, que formam um filme, evitando, desta forma, a perda de água e a desidratação.

“Elas podem ser extraídas do trigo, arroz, seda, soja e outros cereais, e estão disponíveis no mercado cosmético na forma de um complexo chamado Bioex Cereais, dentre outras eficazes opções que já existem no mercado brasileiro”, afirma a especialista.

A farmacêutica também orienta com alguns cuidados básicos, independentemente dos produtos utilizados:

  • Usar condicionador (apenas) nas pontas diariamente;
  • Depois de lavar os cabelos, deixe a água fria correr sobre ele, para que ele fique mais hidratado e com um brilho extra;
  • Limite o uso de itens “quentes” em seu cabelo como secadores muito quentes, pranchas alisadoras e babyliss. Mas se for usá-los, aplique um leave in antes;
  • Evite tomar banho quente ou lavar o cabelo com água quente. Procure usar água morna ou fria em vez disso. O calor pode danificar o cabelo e o couro cabeludo.