Artesp, Rodovias do Tietê e Prefeitura de Monte Mor discutem marginais na SP-101

Postado por Redação Ônibus de Campinas em 15 de novembro de 2017 às 07:20

As obras de implantação de marginais na Rodovia Jornalista Francisco Aguirre Proença (SP-101) no trecho de Monte Mor, previstas para o primeiro semestre de 2018, irão contemplar uma série de outros benefícios, como a regularização e revitalização dos pontos de ônibus, implantação de novas passarelas e melhoria de iluminação.

Os estudos realizados pela ARTESP e a concessionária Rodovias do Tietê apontam para a revitalização de oito pontos de ônibus e implantação de duas novas passarelas durante as obras.








Entre as decisões mais importantes do encontro, ficou acertado que haverá a reimplantação do ponto de ônibus do km 22 da SP-101, no Jardim Panorama, no sentido Monte Mor/Campinas.

Retirado por estar instalado irregularmente e, por isso, trazer risco ao tráfego e aos pedestres, o ponto será, agora, oficializado, obedecendo aos padrões de segurança exigidos pela Artesp.

A Rodovias do Tietê inicia já na próxima semana os estudos para determinar o melhor local para a instalação do ponto de maneira segura.

A previsão é de que, dentro de 30 dias, o ponto já esteja em funcionamento, atendendo aos moradores do bairro.

No sentido oposto, o local a ser utilizado para embarque e desembarque de passageiros permanecerá sendo o ponto implantado na altura do Jardim Moreira, no km 22,4.

Nesse local já há uma travessia em nível, devidamente sinalizada, o que garante a segurança dos pedestres.

Tecnicamente, a opção de instalar um ponto no km 22, no sentido Campinas/Monte Mor é inadequada, uma vez que a travessia de pedestres naquele local é arriscada por se tratar de um trecho em curva e em pista ascendente, o que reduz significativamente a visibilidade que o motorista tem em relação aos pedestres.

A implantação de uma passarela no local está em estudos.




Sobre as marginais

O projeto das marginais contempla a implantação de 11 quilômetros de pistas – somadas os segmentos a serem implantados dos dois lados da rodovia – entre o km 11,5 (em Hortolândia) e o km 25,8, cujos investimentos ultrapassam os R$ 13,5 milhões.

Futuramente, os pontos de ônibus existentes nos segmentos onde serão implantadas as novas pistas serão deslocados para as marginais.

O projeto contempla a construção de pontos com abrigo, atendendo às demandas da população dos bairros atendidos.

As obras estão previstas para terem início em maio do ano que vem.

Através de ajustes no contrato atual, também está sendo planejada a implantação de passarelas para atender aos bairros Jardim Panorama e no Jardim Daniela.

A previsão é de que essas novas travessias sejam entregues com as novas marginais.

Também foi abordada a questão da iluminação das travessias em nível.

A concessionária já implantou postes para instalação em sete pontos de travessia.

Agora, conforme acordo firmado com a Prefeitura no mês passado, as tratativas com a CPFL para a implantação da iluminação cabem ao Executivo Municipal.

A concessionária também irá providenciar a iluminação em três viadutos existentes no trecho de Monte Mor.

A Rodovias do Tietê já foi notificada pela ARTESP para a elaboração dos projetos de iluminação desses pontos.

Antes da obra propriamente dita, os projetos precisam ser aprovados pela Agência.

A previsão é de que essa iluminação esteja concluída no primeiro semestre de 2018.

A preocupação da Prefeitura com a sinalização indicativa para os bairros que margeiam a rodovia também foi tratada.

Foi informado que a concessionária está realizando um estudo para a reestruturação dessa sinalização indicativa, que irá melhorar a informação para o motorista acessar aqueles bairros.

E também a fluidez do tráfego local, garantindo maior segurança para todo o sistema.