Associação Ilumina lança hospital em Piracicaba e adota campanha permanente

Postado por Redação Ônibus de Campinas em 6 de novembro de 2017 às 14:39

“Hoje é um dia histórico para a Associação Ilumina. Depois de dez anos de muita luta conseguimos verba para a construção do Hospital Ilumina de Prevenção de Câncer e para compra de uma carreta para diagnóstico”, declarou a Dra. Adriana Brasil durante entrevista coletiva à imprensa, em Piracicaba, para o lançamento oficial do Hospital.

Os projetos serão viabilizados com verba no valor total de R$ 27.515.470,30 do Ministério Público do Trabalho de Campinas.








A Associação replicará o modelo de Rastreamento Ativo Organizado de Câncer já praticado em seis Unidades de Prevenção do Hospital de Câncer de Barretos, parceiro já há 10 anos nas Campanhas.

O prefeito de Piracicaba Barjas Negri, que doou o terreno para o Hospital, disse durante a coletiva que disponibilizará as assessorias da prefeitura para a viabilização dos projetos da Associação Ilumina.

O Secretário da Saúde do Município, Dr. Pedro Antonio de Mello, destacou que a iniciativa da Associação vai reduzir custos e salvar mais vidas.

O Hospital terá aproximadamente três mil metros quadrados de área construída em terreno de cerca de 10 mil metros quadrados, localizado no bairro Residencial Altos do Taquaral, perto do Hospital Regional e da Universidade Metodista de Piracicaba. Estão previstas quatro alas para prevenção e tratamento de câncer de mama, colo de útero, pele e boca.

Haverá também espaço para no futuro ampliar para pacientes com câncer de intestino e pulmão, fechando assim a lista dos principais tumores.

Somando a capacidade física do hospital com a operação da carreta, o atendimento será triplicado, segundo informou a Dra. Adriana Brasil.




Desta forma, a Associação está prevendo o seguinte desempenho anual a partir da inauguração: 20 mil mamografias, 16.500 exames de Papanicolau, 10.370 consultas especializadas, 74.553 atendimentos, 15 mil consultas de teledermatologia, 3 mil cirurgias ambulatoriais e aproximadamente 61.200 procedimentos especializados.

Com o lançamento do hospital e da carreta, a presidente da Associação Ilumina decretou o fim da campanha anual de prevenção, que teve nesta semana completou sua 10ª edição.

“A partir de agora nossa campanha será diária, nos bairros, visitando as famílias para acelerar o diagnóstico precoce”, informou a médica, apresentando mais um desafio para sua equipe: o diagnóstico em 72 horas.

Sendo assim, “a Associação pretende reduzir de 80% para 20% a porcentagem de pacientes que tem a doença detectada em estágio avançado, reduzindo o custo da saúde e otimizando o uso dos recursos”, finalizou a Dra. Adriana Brasil.