Campinas vai receber dinheiro para reduzir acidentes de trânsito

Postado por Redação Ônibus de Campinas em 5 de abril de 2017 às 16:09

Com informações de Maria Tereza Costa / Correio Popular

Foto: Arquivo – Janaína Ribeiro/ Especial AAN

Campinas vai receber R$ 3,3 milhões do Estado para reduzir a mortalidade no trânsito da cidade. Os dados de mortalidade no ano passado ainda não estão disponíveis, mas em 2015, uma pessoa morreu em acidente a cada quatro dias. Foram 88 óbitos contra 103 no ano anterior.

O plano de Campinas adotará medidas que envolvem sinalização, mudança na geografia das vias para diminuir a velocidade dos veículos, aumento da fiscalização para reduzir, em um ano, em 15% as mortes no trânsito, informou o secretário municipal de Transportes, Carlos José Barreiro.

O financiamento é medida que o governo estadual está adotando para cumprir acordo com a Organização das Nações Unidas (ONU) que prevê 50% de redução dos acidentes até 2020 — o Estado adotou a meta de reduzir esse percentual em relação a acidentes com vítimas fatais.

Um dos projetos já adotados pelo Estado é o Infosiga (Sistema de Informações Gerenciais de Acidentes de Trânsito do Estado de São Paulo), ferramenta técnica que contabiliza e divulga mensalmente os óbitos decorrentes de acidentes de trânsito nos 645 municípios paulistas. Campinas tem levantamentos semelhantes para a área urbana e agora passará a contabilizar também acidentes nas estradas.

O plano de ação será desenvolvido com apoio do Observatório Municipal de Trânsito, policias Militar, Civil, Rodoviária e também com a Agência Reguladora de Transportes (Artesp) e Departamento de Estradas de Rodagens (DER).

Os recursos que virão do Estado serão utilizados na execução do plano para redução da mortalidade no trânsito, segundo o secretário. Barreiro lembrou que em Campinas, com ações adotadas com fiscalização, redução de velocidade e radares, a cidade conseguiu reduzir o número de vítimas fatais de 103 em 2014 para 88 em 2015, uma queda importante segundo ele.