China vai leiloar conjunto com 39 prédios

Postado por Redação Ônibus de Campinas em 26 de dezembro de 2017 às 14:47

Com informações da France Presse
Um tribunal chinês vai leiloar na internet uma torre de 39 andares, com um preço inicial de 553 milhões de iuanes (71 milhões de euros).

O edifício de 156 metros de altura e superfície de 76.000 metros quadrados fica na cidade de Taiyuan, na província de Shanxi.








As obras do arranha-céu começaram em 2006, mas foram suspensas por falta de recursos em 2010, quando já estavam adiantadas.

A torre deveria receber um hotel que nunca foi inaugurado.

O Tribunal Supremo de Shanxi vai organizar o leilão da torre e do terreno em 2 de janeiro na principal plataforma de comércio eletrônico chinesa, Taobao, conhecida como “eBay chinês”.

O tribunal divulgou fotografias do edifício inacabado. Em um esforço de transparência na venda dos bens confiscados, muitos tribunais chineses abriram contas na plataforma de leilão judicial Taobao, de acordo com a agência estatal Xinhua.

Nesta plataforma digital é possível comprar qualquer tipo de bem apreendido, como edifícios, carros, joias e telefones