Com informações do TNH1
Uma dieta saudável é tão importante antes quanto durante a gravidez.

As mulheres que comem mais fast food e as que comem muito pouca fruta levam mais tempo para engravidar do que as mulheres que incluem várias porções de frutas em suas dietas diárias, de acordo com um estudo publicado na revista “Human Reproduction”.

Aquelas que comiam frutas menos de três vezes por mês demoraram mais de meio mês para engravidar do que aquelas que comiam frutas três ou mais vezes por dia, no mês anterior à concepção.








Da mesma forma, as mulheres que consumiam fast food quatro ou mais vezes por semana demoraram quase um mês a mais do que as mulheres que comiam várias porções de fruta por dia.

“Pequenas modificações na ingestão dietética podem ter benefícios para melhorar a fertilidade”, escreveu a pesquisadora Jessica Grieger, da Universidade de Adelaide, na Austrália.

Ela acrescentou que mais pesquisas são necessárias para avaliar o possível impacto de uma gama mais ampla de alimentos na gravidez.

Grieger e seus colegas examinaram dados de 5.598 mulheres grávidas na Austrália, Nova Zelândia, Reino Unido e Irlanda. Nenhuma das mulheres tinha tido bebê antes.

Durante a primeira visita pré-natal de cada mulher – ocorrendo entre a 14ª e a 16ª semana de gravidez – as parteiras coletaram informações.

As perguntas incluíram quanto tempo levou para engravidar e os detalhes da dieta do mês anterior à concepção.

Especificamente, as mulheres foram perguntadas com que frequência comiam frutas, verduras de folhas verdes, peixe e fast foods: hambúrgueres, pizza, frango frito e batatas fritas compradas em restaurantes.

Fast foods comprados em supermercados ou comidos em casa não foram incluídos.

Os pesquisadores também descobriram que o consumo pré-gravidez de vegetais de folhas verdes ou peixes não afetou o tempo de gravidez.

Outros fatores desconhecidos podem ter afetado os resultados.