Como está o ponto de ônibus “diferentão” de Barão Geraldo?

Foto: Edu Fortes/AAN (19/04/2013)

Esse ponto de ônibus ficou famosíssimo em 2013 aqui em Campinas, e até mesmo no Brasil.

Foi uma forma diferente de fazer o pessoal esperar o ônibus na Av. Luiz de Tella.

A ideia foi de um professor de origem árabe, que resolveu dar uma nova cara a um local completamente abandonado, cheio de lixo e de medo, porquê não?

Veja um trecho da reportagem do Correio Popular, em 2013

O professor Ahmed Atia El Dash transformou em uma sala de espera o ponto de ônibus instalado na esquina entre a Avenida Luiz de Tella e a Rua Desembargador Antão de Moraes, na Cidade Universitária, no distrito de Barão Geraldo, em Campinas.

De origem árabe, ele mora e mantém uma consultoria em Barão e resolveu melhorar as condições do espaço público instalando uma pia com um filtro e copos plásticos, um revisteiro com exemplares de revistas de informação, uma lixeira e um mural com o jornal do dia.

No mural, dois dos usuários agradeceram a iniciativa com um carinhoso bilhete. “Não tem quem não tenha gostado da ideia. Agora é torcer para que o lugar não seja alvo de vândalos”, contou o pedreiro Gentil Ferreira .

As intervenções foram feitas há duas semanas e, para a surpresa de muitos, o ambiente permanece intacto e imune ao vandalismo. “É uma coisa que pertence a todos nos e todos podemos cuidar. As pessoas estão elogiando e até colocando revistas para os outros lerem”, disse Ahmed.



Mas, afinal, como será que está a estrutura hoje, quatro anos depois?

O ODC foi lá descobrir…

Algumas coisas mudaram de 2013 para cá. O ponto de ônibus deixou de ser azul e branco e agora é totalmente branco, mas algumas características permanecem inalteradas, como a decoração e os equipamentos que tem nele.

O lixo mudou, o local estava sem copos plásticos (provavelmente por conta do horário, já que a foto foi feita próximo ao meio dia em um dia de muito calor), e a instalação de um “porta revistas” como principal novidade de lá pra cá.

Mas, algo ainda permanece: o respeito ao espaço. É impressionante, e de certa forma animador, ver que o ponto de ônibus continua preservado.