Copa da Rússia é no ano que vem, e dinheiro do país começa a ser comercializado no Brasil

Tags: , , , ,

Cada vez mais próxima, a Copa do Mundo de 2018, que será realizada na Rússia, já começa a mexer com a paixão dos torcedores brasileiros mais fanáticos pelo futebol.

O CEO da Copa, o russo Alexey Sorokin, disse em entrevista recente que os brasileiros estão entre as nacionalidades dos que mais buscam ingressos para as partidas.

O evento, que está entre os que mais atraem pessoas no mundo, trouxe ao Brasil mais de um milhão de turistas estrangeiros apenas para o mês do torneio, segundo o Ministério do Turismo.

A edição anterior da Copa no Brasil, que aconteceu na África do Sul, levou 45 mil brasileiros ao país africano.

Para a Rússia, a expectativa é de que esse número seja ainda maior.








A Cotação DTVM, empresa do Grupo Rendimento, já começou a vender a moeda russa..

“Levando dólar ou euro, o viajante terá que fazer uma segunda conversão de câmbio, trocando essas moedas por rublo, quando chegar à Rússia. Portanto, aconselhamos que troquem os reais por rublo aqui no Brasil e evitem prejuízos com essa nova conversão cambial”, afirma Alexandre Fialho, diretor da Cotação

Outra opção para os viajantes que zelam pela segurança é o cartão pré-pago.

Além de ter o câmbio fechado no momento da compra, não ficando exposto à variação cambial, o cartão possui diversas vantagens e tem bandeira VISA, que é um dos patrocinadores da Copa do Mundo.

Os ATMs locais com o selo Plus ainda permitem que o cliente utilize o cartão pré-pago para realizar saques na moeda local (rublo russo).

A moeda estará disponível em todos os canais de venda da Cotação. No entanto, se o cliente desejar adquirir rublos em alguma das lojas, é importante verificar a disponibilidade da moeda.

Para se certificar da disponibilidade em determinada loja, o cliente poderá entrar em contato com a distribuidora em qualquer um dos canais de comunicação.

1 real vale, aproximadamente, 18 rublos russos.