Defesa Civil vai enviar alerta de enchentes por SMS

Postado por Redação Ônibus de Campinas em 18 de novembro de 2017 às 08:50

A Defesa Civil toma mais uma iniciativa para minimizar os riscos de enchente em Campinas e em todo o Estado de São Paulo.

Qualquer cidadão pode se cadastrar para receber alertas de risco de desastres naturais direto no celular, gratuitamente, por mensagem de texto.

O alerta antecipado, segundo o órgão, pode ajudar a salvar vidas em casos de chuva forte, enchentes, deslizamentos, incidência de raios e outros fenômenos meteorológicos.








Campinas tem hoje, conforme a Defesa Civil, 18 áreas de risco.

Na Região Metropolitana (RMC) esse número chega a 86 locais que oferecem algum perigo para os moradores.

Quem quiser se cadastrar, basta responder à mensagem recebida com o CEP de interesse – pode ser da sua casa, da casa de praia, não há limites para o número de CEPs.

Se a pessoa não receber o SMS da Defesa Civil, ela pode mandar uma mensagem de texto para o número 40199 colocando o CEP no assunto.

Vale ressaltar que a pessoa deverá mandar um SMS para cada CEP que deseja cadastrar.

Com isso, o cidadão passará a receber os avisos assim que a Defesa Civil detectar uma situação de risco que está dentro da área do CEP indicado.

“Esta nova iniciativa é mais uma forma de transparência e acesso à informação por todos os cidadãos”, disse o diretor da Defesa Civil de Campinas, Sidnei Furtado.

O sistema foi desenvolvido pela Secretaria Nacional de Proteção e Defesa Civil.

Em Campinas, está sendo implantado pela Defesa Civil estadual em parceria com a local.

Também tem parceria com o Centro Nacional de Gerenciamento de Riscos de Desastres (Cenad), Anatel e operadoras de telefonia móvel.

A Defesa Civil estadual estima que em todo território paulista o novo serviço tem capacidade para alcançar 42 milhões de celulares ativos.

Os alertas são curtos, de até 160 caracteres, e visam informar sobre um possível risco.

A vantagem do SMS, segundo a Defesa Civil, é que este tipo de mensagem é acessível inclusive nos celulares mais simples, não requer um smartphone nem pacote de dados da operadora, o que possibilita maior abrangência da população.