Delegado da Polícia Federal e mais 3 são presos por extorsão

Postado por Redação Ônibus de Campinas em 13 de outubro de 2017 às 07:05

Com informações de ACidade ON Campinas
Um delegado da Polícia Federal de São Paulo e mais três pessoas foram presas por suspeita de extorsão, organização criminosa e usurpação de função pública.

Uma das vítimas seria o prefeito de Paulínia, Dixon Carvalho.








Foi Dixon quem denunciou o caso à Polícia Federal, em Campinas.

Um dos integrantes do grupo teria se passado por um delegado da PF.

Segundo o Ministério Público, um dos integrantes teria dito ao prefeito que tinha um dossiê contra ele e que divulgaria caso a Prefeitura de Paulínia não contratasse empresas deles para serviços hospitalares e sinalização de ruas.

Após a prisão, os suspeitos foram levados para audiência de custódia na 9ª Vara da Justiça Federal, em Campinas.

Em nota, a Prefeitura de Paulínia informou que o prefeito confia nos trabalhos da Polícia Federal, responsável pela apuração dos fatos.