Depois de multas nos primeiros dias, Emdec estuda aumentar pontos de vigilância com a CimCamp

Postado por Redação Ônibus de Campinas em 17 de novembro de 2017 às 07:11

Com informações do Correio Popular
A secretaria de Transportes de Campinas estuda expandir a fiscalização nos cruzamentos no começo de 2018.

Nesse momento, a Emdec vai avaliar como vai se comportar o sistema e o comportamento dos motoristas nos pontos onde já há fiscalização, na região central.

Durante a fase de testes, o novo sistema de monitoramento fez 175 registros de infrações por mês, em agosto e novembro.





Foto: Leandro Torres / AAN




Ainda não há um levantamento de quais seriam os pontos que também poderiam ser fiscalizados – provavelmente no Centro expandido, e onde há câmeras da CimCamp instaladas.

A fiscalização será realizada em tempo real, por agentes da Mobilidade Urbana, que ficam, durante 24 horas, na Divisão de Controle Operacional da empresa.

As câmeras são de uso compartilhado com a Central Integrada de Monitoramento de Campinas.

Nesta primeira fase são monitorados os raios de 15 cruzamentos da região central e entorno. São fiscalizadas infrações como: parada e estacionamento irregular; parada e estacionamento sobre a calçada; parada em fila dupla; vaga rápida; conversões proibidas; parada e estacionamento em ponto de táxi; carga e descarga; e uso indevido de faixa exclusiva, entre outras.

Infrações, como dirigir ao telefone ou não utilizar o cinto de segurança, por exemplo, também poderão ser aplicadas, porém, segundo a Emdec, elas não fazem parte do principal objetivo de fiscalização.

Além do período diurno, a empresa informou ainda que os motoristas poderão ser multados das 19h às 6h se cometem infrações de trânsito.

A exceção fica por conta da travessia do sinal vermelho, que será tolerada.

Os motoristas podem solicitar as imagens para recorrem de eventuais multas aplicadas pelo órgão municipal de trânsito.