Em Nova Odessa, agendamentos de exames e consultas com especialistas passam a ser feitos nas UBSs

Postado por Redação Ônibus de Campinas em 29 de outubro de 2017 às 17:01

Com o objetivo de agilizar o atendimento aos pacientes, a Secretaria de Saúde inicia em novembro um novo projeto que permitirá o agendamento dos exames e consultas com especialistas da rede pública diretamente nas UBSs (Unidades Básicas de Saúde).

Atualmente, o agendamento é feito no Ambulatório de Especialidades, que fica ao lado do Hospital e Maternidade Municipal Dr. Acílio Carreon Garcia.








Denominado Creac (Central de Regulação e Auditoria de Exames e Consultas), o projeto – que foi implantado pelo secretário de Saúde Vanderlei Cocato no início de sua gestão e está sendo ampliado – visa diminuir o fluxo de pessoas no ambulatório e facilitar o acesso dos pacientes.

“As consultas e exames continuam sendo feitas no Ambulatório, no entanto, o paciente poderá agendar o procedimento na UBS mais próxima de sua casa, tendo todo conforto e comodidade necessários”, explicou o secretário.

De acordo com ele, quando o paciente passar com clínico geral na UBS e tiver solicitação de exames ou consulta com especialistas, os pedidos de encaminhamentos serão feitos diretamente no posto de saúde.

“Da UBS esse pedido é passado à central e, após autorização do procedimento, um funcionário ligará para o paciente para que retire a guia no próprio posto de saúde”, afirmou.

“Vamos conseguir com esta medida atender de forma mais ágil o paciente e também aproximar os usuários da atenção básica para que realizem mais atividades nas UBSs. Muitos casos podem ser resolvidos nos postos de saúde e acabam indo para o pronto-socorro. Com esta regulação, conseguiremos identificar estas situações e orientar melhor os pacientes para que recebam o melhor atendimento”, continuou.




O secretário explicou ainda que além de descentralizar o atendimento no Ambulatório, a Creac também fará a auditoria dos procedimentos.

“Os pedidos serão enviados para um auditor, que analisará sua necessidade e então dará os encaminhamentos necessários para que o paciente seja atendido. Tudo de forma ágil para que os agendamentos sejam feitos sem demora”, garantiu.

Cocato acredita que além da melhora no atendimento do paciente, a Central de Regulação também permitirá economia. “É mais uma forma de melhor controlar nossos gastos e também verificar as especialidades que mais demandam de atendimento. Queremos com esta ação otimizar e melhorar os nossos serviços”, finalizou.