Falta sangue no HC da Unicamp

Postado por Redação Ônibus de Campinas em 17 de Janeiro de 2018 às 08:43

Com informações do Correio Popular
A falta de sangue nos hemocentros fez com que transplantes e cirurgias fossem cancelados no Hemocentro do Hospital de Clínicas da Unicamp.

O número de doações ficou mais baixo do que o esperado e o Banco de Sangue está fazendo uma campanha de mobilização para que a população doe sangue no Hemocentro e nos postos de coletas em Campinas e na cidade de Sumaré.





Foto: Leandro Torres / AAN




Na primeira semana de 2018, oito cirurgias de transplantes de fígado foram cancelados.

De acordo com a Universidade, os órgãos foram encaminhados para outros hospitais que realizam os procedimentos.

Os dados do Hemocentro mostram que os números de doações foram 8% a menos que em 2017 e 12% a menos, em comparação com o ano de 2016.

Os sangues de tipos O e A são os que estão com estoque mais baixo na cidade.

As cirurgias canceladas foram as agendadas – que consomem 70% das bolsas de sangue -, para que as de emergência pudessem ser realizadas.

O Hemocentro está realizando uma forte campanha de mobilização em toda mídia e nas redes sociais.

A expectativa é que a população volte aos pontos de coletas para que o Banco de Sangue se recupere antes do feriado de Carnaval, no dia 13 fevereiro.

Além de se preocupar com o próximo feriado prolongado, a preocupação é também com a campanha de vacinação contra a febre amarela, prevista para começar na primeira semana de fevereiro.

Quando o doador é vacinado contra a febre amarela, precisa esperar 30 dias antes de doar sangue, o que pode fazer com que os números fiquem ainda mais baixo.