Feirão Limpa Nome da Serasa bate recorde histórico de acessos pela internet

Postado por Redação Ônibus de Campinas em 14 de novembro de 2017 às 08:51

Nos primeiros dias, 3,9 milhões de pessoas buscaram renegociar suas dívidas no Feirão Limpa Nome da Serasa, um recorde histórico.

O site para renegociação de dívidas atrasadas online entrou no ar na última segunda-feira e conta com a participação de mais de 1,7 mil empresas de diversos segmentos (bancos e financeiras, cartões de crédito, telefonia, lojas e recuperadoras de crédito, entre outras) dispostas a dar condições especiais, com prazos de pagamentos diferenciados ou descontos de até 90% na quitação das contas em atraso para que os clientes voltem a ter o nome limpo.








Dados levantados pela Serasa Experian mostram que a maioria dos acessos dos dois primeiros dias partiu de São Paulo (30,81%).

O Rio foi o segundo estado com maior número de participantes: 12,55% e Minas Gerais ficou em terceiro lugar, com 8,77% do total de visitas. Bahia ficou em quarto, com 6,43%, seguido do Paraná, 5,55%.

O levantamento também mostrou que o sexo feminino predominou, com 55% do total de ingressos no feirão.

A faixa etária dominante (43% do total) foi formada por pessoas entre 25 e 34 anos; outros 24% tinham entre 35 e 44 anos e 13% daqueles que acessaram, entre 18 e 24 anos. 12% foram entre 45 e 54 anos, 7% de 55 a 64 e 2% acima de 65 anos.

A maioria das pessoas (69%) visitou o portal a partir de smartphones; 29% utilizaram o computador como meio de acesso e 2% se conectaram pelo tablet.

Os picos das visitas aconteceram por volta das 13h e 15h, em ambos os dias.




A negociação dos débitos em aberto pode ser feita até o dia 30 de novembro pelo computador, tablet ou celular, com toda a segurança, em um site interativo, especialmente desenvolvido para a nova edição do Feirão Limpa Nome da Serasa Experian.

Para participar, basta acessar o site www.feiraolimpanome.com.br.

Ali os consumidores encontrarão todos os detalhes do evento, empresas parceiras e como participar.

Ao se cadastrar o consumidor será direcionado a uma página na qual estarão listadas as dívidas que constam na base de dados da Serasa e que podem ser negociadas com as empresas participantes.

Também serão apresentados os canais de atendimento (telefones, e-mail, chat) disponibilizados por cada credor e, em alguns casos, ofertas pré-estabelecidas por meio de boleto bancário ou até mesmo simular, escolher a melhor condição de pagamento e gerar o boleto de forma online.