Gratuidade em ônibus pra desempregado? Pode sair nesse semestre

Postado por Redação Ônibus de Campinas em 16 de Janeiro de 2017 às 14:47
  • Com informações do G1 Campinas

Foto: Bruno Oliveira / G1

O projeto que prevê gratuidade do transporte coletivo para quem está desempregado em Campinas deve ser enviado para análise da Câmara de Vereadores até abril, segundo previsão do Secretário de Transportes, Carlos José Barreiro. A promessa do benefício foi feita pelo prefeito reeleito, Jonas Donizette (PSB), no ano passado. Na época, o então candidato disse que a criação do projeto “Passe para o emprego” permite ao morador procurar recolocação no mercado sem pagar a passagem, hoje em R$ 4,50.

A administração “estuda o assunto” e o prazo estimado em 90 dias para enviar o plano ao Legislativo é necessário para análise sobre a situação do sistema e elaborar as regras. Ainda faltam detalhes como o tempo de integração e o controle desse sistema serem avaliados. A questão dos custos também não está fechada.

“A ideia da administração provavelmente seja submeter isso na forma de um projeto de lei para a Câmara, assim como fizemos na última gratuidade adicional, que foi o bilhete para universitário, votado em regime de urgência. Em pouco tempo, isso deverá estar sendo discutido e detalhes irão na formatação, porque vamos ter controle rigoroso para evitar abusos.”

Estatísticas da Associação Comercial e Industrial (Acic) indicam que até outubro havia 85,3 mil moradores sem trabalho no município – total que representa alta de 46% no comparativo com 2015, quando eram 58 mil.

Campinas registra média de 15 milhões de passageiros por mês, de acordo com portal da Emdec, empresa responsável pela gestão do trânsito. O sistema tem 1,2 mil coletivos.