Hopi Hari volta a funcionar em junho… Algum dia do mês

Postado por Redação Ônibus de Campinas em 4 de junho de 2017 às 11:54

Com informações do Correio Popular e G1 Campinas
O Hopi Hari anunciou que vai voltar a receber visitantes nesse mês. Depois de suspender as atividades no dia 12 de maio por prazo indeterminado, o parque obteve uma linha de crédito junto ao American Bank, o que deve garantir a reabertura.

“Há duas semanas anunciamos uma pausa em nosso atendimento ao público para tomarmos fôlego e voltarmos ainda com mais força. Temos muito prazer em anunciar que nosso presidente, o empresário José Luiz Abdalla, acaba de obter uma linha de crédito junto ao American Bank, que acreditou no potencial do projeto de transformar o Hopi Hari no maior centro de entretenimento da América Latina”, diz a direção do parque em nota.

SAIBA MAIS: parque fechou por causa das dívidas

Com esse financiamento, a direção do parque diz que reabrirá os portões ainda no mês de junho para receber os visitantes em modo soft-open (que pode ser traduzido como um período de teste).
De imediato, a empresa diz que retomará o contrato de fornecimento de energia elétrica com a CPFL, estabilizará a situação dos funcionários e colaboradores que trabalham no parque e continuará com o plano de reativação das atrações atualmente em manutenção.




Enquanto isso, continuará com as reformas e adequações já iniciadas para renovar completamente o parque.
Não há uma data definitiva para a reinauguração, segundo a direção, uma vez que os investimentos mais significativos acontecerão apenas depois da aprovação do aditivo ao plano de recuperação judicial que será apresentado aos credores.

VEJA TAMBÉM: ingressos que foram comprados na época puderam ser remarcados

“Nos momentos mais difíceis do Hopi Hari, muitos nos deram as costas. Felizmente, contamos sempre com o apoio incondicional de todos nossos funcionários e colaboradores, além dos milhões de fãs que se manifestaram nas redes sociais repudiando a campanha contrária ao Hopi Hari e nos oferecendo apoio e solidariedade”, afirma Abdalla.