Ilhabela terá praias com Internet gratuita na alta temporada de 2018

Postado por Redação Ônibus de Campinas em 7 de dezembro de 2017 às 17:56

A Linktel, operadora brasileira que oferta soluções em telecomunicações, vai disponibilizar o serviço de Internet gratuita nas praias do Perequê e Engenho D’Água, em Ilhabela, litoral norte de São Paulo, durante todo o verão 2018.

A Linktel tem expertise no fornecimento de Wi-Fi para eventos de todos os portes.








Como case de sucesso, a empresa destaca o período da realização dos Jogos Olímpicos no Rio de Janeiro, na qual contribuiu para a conectividade a partir de mais de 1.200 pontos de acesso na Orla, incluindo Copacabana e nos aeroportos do Galeão e Santos Dumont.

A Linktel disponibiliza seus serviços em Ilhabela desde 2011.

A empresa acaba de construir e desenvolver uma rede de fibra óptica na região, posicionando-se como a primeira empresa capaz de oferecer Internet de 50 Mb/s no arquipélago.

Esse será o início de um backhaul da rede, que será depois ampliada até 35km de fibra óptica na área urbana da ilha.

A conectividade oferecida continuará a ser híbrida, ou seja, com fibra óptica e rádio, devido a topografia de Ilhabela.

A fibra óptica ocupará posição estratégica nos planos da Linktel em oferecer serviços de Internet fixa e Wi-Fi na ilha.

O projeto garantirá que a operadora tenha novos pontos de distribuição, aumentando assim a área de cobertura da rede Linktel na região.




Os números são grandiosos.

Somente em 2016 a companhia registrou um crescimento de 100% no número de acessos e 250% em usuários, se comparado ao ano anterior.

Foram mais de 38 milhões de acessos e 11 milhões de usuários únicos.

Os locais das redes Wi-Fi mais acessados foram em shopping centers, cafeterias e nos aeroportos da Infraero, representando 70% do total de acessos.

Ainda em 2016, a operadora brasileira chegou à marca de 11 milhões de usuários cadastrados em seus serviços, desde 2011, além de contabilizar mais de seis mil hotspots da empresa espalhados pelo Brasil, especialmente em aeroportos, shopping centers, cafeterias, hotéis e restaurantes.

A rede da Linktel foi construída com aportes que somam R$ 20 milhões para acesso com tecnologia NGH2.0 passpoint – que permite acesso automático e criptografado – e 3G/4G Offload, disponível para operadoras móveis desviarem o tráfego de dados. Atualmente, a empresa é a única do Brasil apta a capacitar sua rede para o 3G/4G Offoad e Wi-Fi NGH 2.0 passpoint, a próxima geração de hotspots com segurança baseada em criptografia.

A operadora não para por aí e continua investindo fortemente na ampliação de sua rede e na oferta de serviços de assinaturas para quem viaja muito e necessita da conectividade com qualidade e padrão internacional.

De acordo com o presidente da Linktel, Jonas Trunk, já não se contrata mais qualquer hotel em qualquer parte do mundo que não possa oferecer o serviço Wi-Fi.

Ao menos que, o cliente queira fugir para locais distantes. Mesmo assim, boa parte das pousadas mais afastadas já oferece o serviço para garantir a sua competividade.