Janeiro Branco é tema de roda de conversas em Hortolândia

Postado por Redação Ônibus de Campinas em 8 de Janeiro de 2018 às 07:23

Você é o tipo de pessoa que cuida do bem estar emocional?

Além de adotar hábitos saudáveis para manter a saúde do corpo, é preciso cuidar da mente.

Para chamar a atenção da população sobre a importância de promover a saúde emocional, a Prefeitura de Hortolândia realiza, pela primeira vez, a campanha Janeiro Branco de saúde mental, com o slogan “Quem cuida da mente, cuida da vida”.








Na próxima segunda e terça-feira (08 e 09/01), haverá rodas de conversa na UBS (Unidade Básica de Saúde) Dom Bruno Gamberini, no Jd. Nova Hortolândia, abordando o tema de forma educativa.

O objetivo é despertar nas pessoas o interesse em cuidar do bem estar emocional, fator que deixa a vida mais leve e feliz.

A programação faz parte do programa Viva Mais, ação de governo que integra todas as secretarias municipais e que tem como meta garantir qualidade de vida e longevidade à população.

O mês Janeiro Branco tem suas atividades organizadas pela Secretaria de Saúde, por meio da equipe da Rede de Atenção Psicossocial.

Uma das integrantes é a psicóloga do Caps (Centro de Atenção Psicossocial) Vida, Ivanilde Martins Antonelli.

Ela conta que o Janeiro Branco iniciou, há alguns anos, em Minas Gerais e, desde então, mobiliza por diversas cidades, inclusive fora do Brasil.

“A proposta é aproveitar o início do ano, momento em que as pessoas fazem novos planos e estão disponíveis para as mudanças de vida, e incentivá-las a adotar hábitos e cuidados físicos e emocionais”, explica a psicóloga.

De acordo com Ivanildes, diversas atitudes garantem bem estar às pessoas e devem se tornar hábito.

“A prática de exercícios físicos, leitura, momentos de lazer em família e, até mesmo, ações de voluntariado proporcionam satisfação e prazer. São atitudes que deixam a vida mais leve, mais gostosa”, enfatiza.

Além das palestras que serão realizadas nos próximos dias, a Prefeitura de Hortolândia mantém atividades gratuitas que colaboram para o bem estar físico e emocional da população.

Todas as unidades de saúde oferecem grupos de Lian Gong, ginástica chinesa utilizada para o tratamento e prevenção de doenças osteomusculares, reumatismos e problemas respiratórios.

Para participar dos grupos, basta procurar a recepção para saber o local e o horário da programação, que é realizada em praças, parques e áreas públicas do município.

A Prefeitura investe, ainda, na criação de mais áreas verdes na cidade, onde a população possa aproveitar o tempo livre com lazer em família.

Na região do parque Gabriel, por exemplo, está em construção o Parque Linear Santa Fé.




O local terá pista de caminhada, ciclovia e equipamentos de lazer, compondo uma nova área de descanso, com muito verde, além de duas lagoas de contenção de enchentes que, além de prevenir alagamentos, vão também embelezar o parque.

Saúde física e emocional estão relacionadas e, por isso, é importante que as pessoas se mantenham equilibradas para uma vida saudável.

Caso alguém perceba que precisa de ajuda ou aconselhamento, com objetivo de melhorar as condições psicológicas, pode buscar o apoio que precisa numa das unidades de saúde do município.

“Ajuda psicológica vai além do tratamento de transtornos mentais. Pessoas com a mente saudável também precisam deste tipo de ajuda”, afirma Ivanilde.

A Rede de Atenção Psicossocial de Hortolândia tem como porta de entrada as USFs (Unidades de Saúde da Família) e UBSs (Unidades Básicas de Saúde), onde há profissionais capacitados para o acolhimento de todos os pacientes.

Nas UBSs, psicólogos realizam terapia com pacientes nos próprios consultórios da unidade de saúde. Caso haja necessidade de otras intervenções e terapias, a Prefeitura dispõe do Caps Vida, que atende adultos, do Caps-IJ (Infanto Juvenil), com foco na reabilitação de menores de 18 anos, e do Caps-AD (Álcool e Drogas), que atende usuários de álcool e outras drogas.

Neste locais, equipes multidisciplinares atuam no acompanhamento, tratamento e reabilitação de pacientes, por meio de atividades diversas.