Mais 4 ônibus são vandalizados no Ouro Verde; 2 no mesmo lugar

Postado por Redação Ônibus de Campinas em 3 de junho de 2018 às 13:58

Campinas registra mais quatro casos de vandalismo em ônibus do transporte coletivo de Campinas.

Mas, o que chama a atenção, é que dois casos aconteceram exatamente no mesmo ponto: Av. Ruy Rodrigues, próximo ao Shopping Spazio Ouro Verde.

Este foi também o mesmo lugar onde um ônibus da linha 101 foi atacado durante o feriadão.








O primeiro caso aconteceu às 5h, com o veículo que estava prestes a começar mais um dia na linha 196 (Aeroporto de Viracopos / Terminal Ouro Verde via DIC IV).

Segundo o motorista, quando ele passava na Av. Ruy Rodrigues, em frente ao Spazio, percebeu que um grupo de adolescentes começou a tacar pedras no veículo.

Dois vidros, dos dois lados, foram quebrados.

No mesmo horário, um ônibus que também deixava a garagem em direção ao Terminal Ouro Verde para começar a linha 120 (Terminal Ouro Verde / Terminal Central via Rodovia Santos Dumont) também foi apedrejado pelo mesmo grupo de adolescentes.

Dez minutos mais tarde, o terceiro caso de vandalismo aconteceu perto do Bosque do DIC I.

O motorista de um ônibus da linha 117, que estava prestes a começar o itinerário, relatou que também foi atacado por um grupo de adolescentes na Av. Coacyara.

As pedras atingiram uma das portas e um dos vidros, que ficou totalmente destruído.




O último caso aconteceu às 5h30, dessa vez com uma linha que já estava operando.

Segundo o motorista da linha 112, um grupo de adolescentes que estava dentro do ônibus ateou fogo em um dos bancos, próximo à porta.

Um outro passageiro – que não fazia parte do grupo – conseguiu apagar as chamas a tempo, antes que elas se espalhassem pelo coletivo.

Assim que o fogo começou, o grupo saiu correndo.

A empresa VB Transportes registrou boletim de ocorrência em todos esses casos.

A suspeita é que o mesmo grupo tenha atacado os quatro ônibus neste domingo – e também é suspeito de atirar pedras no ônibus da linha 101 durante o feriadão.

Com esses ataques, sobe pra 8 o número de ônibus do transporte coletivo de Campinas vandalizados desde o começo da semana.

Os primeiros casos tinham relação com a greve dos caminhoneiros.

Agora, são atos de falta de educação e vandalismo puro e simples, onde os prejudicados são os passageiros.