O caos do último natal da antiga Rodoviária de Campinas

Postado por Redação Ônibus de Campinas em 5 de fevereiro de 2017 às 12:54

Os ônibus e os usuários bloquearam as passagens iniciais, atrasando ainda mais os embarques

O dia 21 de dezembro de 2007 foi a grande prova de que a antiga Rodoviária de Campinas estava saturada. Era a sexta-feira anterior ao natal e uma verdadeira multidão tomou conta das plataformas do local. Nesse dia, estávamos nas imediações para registrar o movimento que levou o caos ao trânsito da região.

Uma enorme fila se formou na Rua Salustiano Penteado.

No final da tarde a fila só aumentava.

Os ônibus foram divididos em dois grandes lotes pois eles deveriam aguardar o embarque de quem já estava nas plataformas para poder entrar. Uma gigantesca fila tomou toda a Rua Salustiano Penteado (com a fila contornando a Rua Barbosa de Barros) e outra fila dupla se formou na Avenida Barão de Itapura, fila esta que chegou até à Avenida Lix da Cunha. Nesse dia, o acesso da Lix para a Rodoviária ficou bloqueado até a madrugada.

A fila na Barão de Itapura chegou até à Lix da Cunha.

Era tanto ônibus e tanta gente que as pessoas começaram a tomar a faixa de passagem dos ônibus. Por volta das 22h a rodoviária estava praticamente vazia de ônibus pois as primeiras plataformas já estavam bloqueadas por ônibus e impedia a entrada da fila que ficou no aguardo por mais de três horas. Muitas empresas fizeram o desembarque no meio da rua. Foi uma bagunça generalizada que marcou o último grande movimento da antiga rodoviária de Campinas. Confiram as fotos desse dia.

Os usuários tomaram todos os espaços do prédio.

Não havia espaço suficiente para todos.

Quanto mais os ônibus atrasavam, mais gente acumulava.

Nas plataformas dos ônibus metropolitanos e locais, espaços vazios.