Os Volvos usados que vieram da Bahia para a TUCA em Campinas, quem se lembra?

Postado por Redação Ônibus de Campinas em 1 de Março de 2017 às 17:51

Um dos veículos operando na antiga linha 3.10 (atual 249)

Nos anos 90 a TUCA – Transportes Urbanos de Campinas trouxe algumas unidades desses ônibus para a cidade. Usados, vieram de uma empresa da Bahia e tiveram as placas trocadas aqui, pois na época ainda tinham placas de duas letras e aqui já receberam a placa então nova de três letras (por isso são da série BXI, naturalmente reservada para veículos comerciais da cidade de Campinas). Esses Ciferal Padron Alvorada com chassis Volvo B58 circularam em várias linhas da empresa, e começaram a ser substituídos na renovação de frota de 2001, durante o governo do prefeito Toninho. Os veículos estavam em um estado deplorável quando foram desativados, com quebra de peças e até queda de portas pelas ruas. As unidades que circulavam nas linhas da PUC 1 (antigas linhas 3.21 e 3.22, atuais 357 e 351, respectivamente), foram as primeiras a serem substituídas pelos então novos Busscar Urbanuss Pluss com chassis Mercedes-Benz OF-1721, apresentadas em uma cerimônia na Avenida Francisco Glicério na segunda metade do mês de agosto de 2001.

Nenhum desses Ciferal Padron Alvorada chegaram a ser pintados com o novo layout do SIT Campinas do governo Toninho já que foram totalmente substituídos no primeiro ano do então novo governo municipal. Na época em que esse lote foi comprado a TUCA ainda não era do Grupo Belarmino, que tradicionalmente não compra veículos usados, e sim pertencia ao empresário José Brijeiro, atual proprietário da Exclusiva Turismo. Esses ônibus, bastante barulhentos, chamavam a atenção por onde passavam. Até quem tomava uma simples Coca-Cola na calçada de algum bar do Centro reparava quando esses ônibus estavam passando. E você, se lembra deles?