Passageira faz aniversário de 89 anos e motoristas da 117 dão festa para ela

Postado por Redação Ônibus de Campinas em 14 de Abril de 2018 às 16:00

Todos os dias, há mais de 20 anos, a enfermeira aposentada Maria Barbosa Caraca, moradora do bairro Bonfim, pega dois ônibus para passar as manhãs com a filha Elisabeth, que mora no DIC I.

Neste trajeto, dona Maria, fez muitos amigos, como os motoristas de ônibus das linhas que ligam seu bairro, o Bonfim a região dos DICs.

Com sua doçura, atenção e sabedoria, ela conquistou a todos!








Por isso, no dia 28 de março, quando ela completou 89 anos, um grupo de motoristas da VB1 se reuniu para homenageá-la.

Eles fizeram uma festa com direito a bolo, refrigerantes, cesta de petiscos e muito carinho.

“Ela é uma pessoa que a gente admira. Uma senhorinha muito inteligente, conversa com a gente, dá conselhos e ainda ajuda os motoristas durante o percurso”, conta Cícero Cláudio Deodato Rodrigues, que trabalha na linha 117 – DIC VI, há 6 anos.

Ele conta que conhece tão bem Dona Maria que chegou a perceber que ela não estava bem de saúde em certa ocasião, tendo avisado a filha dela.

Dona Maria foi enfermeira durante muitos anos no Centro de Saúde São José.

Por isso, muitos a conhecem como “Dona Maria do postinho São José”.

A filha Elisabeth mora há 25 anos no DIC I, bem pertinho do ponto final do ônibus, e sua mãe gosta de passar todas as manhãs com ela.

Sai às 4h30 da madrugada de casa, pega dois ônibus pra chegar à casa da filha às 6h. E só retorna para sua casa após o almoço.

Como esta rotina já dura tantos anos, ela virou amiga de todos os motoristas das linhas de ônibus que atuam na região, principalmente os da 117.

Senta-se sempre no primeiro banco do lado direito, de onde ainda auxilia o motorista avisando quando o trânsito está liberado, nos cruzamentos.

O motorista mais querido é Jair Gilberto Andreotti, que atende a linha 117 há 12 anos e foi o merecedor da primeira fatia de bolo.

“Tem muita gente boa que pega ônibus diariamente, mas a dona Maria é unanimidade: todos gostam dela!”, afirma.




Jair conta ainda que dona Maria faz até os motoristas cantarem pra ela.

“A música predileta é Panela Velha (música que ficou nacionalmente conhecida na voz do cantor Sérgio Reis). Ela adora!”, conta. Além disso, ela já chegou a levar várias vezes, água, bolo e até pão de queijo para os motoristas.

Sempre faz questão de cumprimentar todos que cruzam seu caminho.

Com poucas palavras, dona Maria mostra sua simplicidade.

“O mundo é bom quando a gente sabe viver”, diz a idosa, que ressalta a importância de todas as pessoas se tratarem com carinho e respeito.