Polícia prende suspeito de matar e colocar menina na geladeira em Itatiba

Postado por Redação Ônibus de Campinas em 31 de dezembro de 2017 às 12:26

Com informações do G1 Sorocaba e Jundiaí e Jornal da Região
A Polícia Civil prendeu um suspeito de matar a jovem Samantha Farias, de 20 anos, encontrada em uma geladeira, às margens da estrada Domingos Stoco, no bairro Palmeirinha, em Itatiba, no dia de Natal.

O homem, de 35 anos, era amigo de Samantha e os dois foram vistos juntos um dia antes do crime.








O rapaz teve a prisão temporária decretada e se apresentou na delegacia junto do advogado.

Ele foi encaminhado ao Centro de Triagem de Campo Limpo Paulista , onde deve permanecer por 30 dias, e responderá por homicídio.

O suspeito foi localizado após a averiguação de imagens de monitoramento de toda a cidade, além dos depoimentos das últimas pessoas que entraram em contato com a vítima.

Samantha foi vista pela última vez na lanchonete de um posto de combustíveis com amigos.

Os investigadores de Itatiba foram até o posto e em busca de imagens das câmeras de monitoramento.

Pela câmera do posto deu para ver que a jovem estava conversando com um rapaz e entrou no carro dele, um Uno, vermelho.

Com a ajuda do “Olho Vivo”, da Guarda Municipal, os policiais da Delegacia de Itatiba descobriram que o carro estava no nome de uma mulher.

Nas pesquisas realizadas o endereço era de um condomínio no bairro das Nações.

Mas a dona do veículo disse que quem estava dirigindo o carro era o filho.

As câmeras de segurança apontaram que Samantha apenas entrou na casa do suspeito, mas não saiu do local.

Algumas horas depois, Fabiano deixou o apartamento em outro veículo, o carro do pai.

Foto: Bárbara Leão / Jornal da Região




O delegado solicitou buscas na casa de Fabiano, onde nada foi encontrado, e na residência do pai dele, onde foi localizada uma arma de fogo.

Segundo a Polícia Militar, um pedestre que passava pela via, que liga Itatiba a Valinhos, viu o eletrodoméstico deixado na estrada e, ao abrir, encontrou o corpo de Samantha.

A perícia esteve no local e verificou que havia um ferimento de disparo de arma no tórax.

Em depoimento ao delegado, o homem negou que tenha cometido o crime.

Segundo o relato, o suspeito afirmou que Samantha teria se matado ao se trancar no quarto do apartamento dele.

A polícia também esclareceu que os dois não mantinham um relacionamento amoroso.