Prefeitura de Hortolândia e EMTU discutem como será a integração entre ônibus urbanos e metropolitanos

Postado por Redação Ônibus de Campinas em 24 de outubro de 2017 às 08:52

A Prefeitura de Hortolândia segue em reuniões com a EMTU para discutir a integração tarifária entre o transporte coletivo municipal e o intermunicipal.

No último encontro, foi confirmada a integração tarifária.








A confirmação dependia de questões técnicas e tecnológicas, pendências que foram solucionadas, na última semana, pela empresa responsável pelos validadores, máquinas de leitura dos cartões de passe instaladas nos ônibus.

A partir de agora, a EMTU criará condições operacionais para viabilizar a integração das tarifas, como a criação de novos itinerários.

Tanto a frota de ônibus da Viação Lira, prestadora do serviço de transporte coletivo municipal, quanto da EMTU, responsável pelo transporte intermunicipal, já possuem validadores compatíveis com a integração tarifária.

Na prática, o usuário de transporte coletivo municipal e intermunicipal poderá pagar uma tarifa única para utilizar itinerários onde os veículos dos diferentes sistemas se complementem.

Por exemplo, será possível usar um ônibus municipal do bairro até o Terminal Metropolitano, no Jardim Amanda, e seguir viagem para Campinas, num ônibus intermunicipal, pagando apenas a diferença entre as tarifas.




Um passo importante foi dado pela Prefeitura, em setembro, com o lançamento do Bilhete Único, cartão que poderá ser carregado com créditos para pagamento da tarifa integrada, após a implantação desta modalidade.

O Bilhete Único é composto por uma família de cartões, cada um destinado a um público diferente.

O primeiro a entrar em operação, neste mês de outubro, foi o Passe Livre Sênior, para pessoas com 60 anos ou mais.

Este cartão garante gratuidade no transporte maior comodidade, já que os usuários podem entrar no veículo e passar livremente pela catraca.

Os próximos cartões a serem implantados são: Cartão do Colaborador (de cor preta), para funcionários do transporte, como os motoristas profissionais; Bilhete Especial (em laranja, para a pessoa com deficiência); Especial Acompanhante (em lilás, para o responsável pela pessoa com deficiência); Cartão Cidadão (azul, também conhecido como comum); Cartão do Escolar (em verde, para estudantes) e Cartão Empresarial (branco, para uso corporativo).

Atualmente, 9 mil pessoas utilizam o transporte coletivo urbano em Hortolândia. Há 18 linhas em funcionamento e 35 ônibus para atender a população.

A meta da Administração é, pelo menos, dobrar o número de veículos em circulação na atual gestão.