Valinhos mantém esquema especial de vacinação contra febre amarela

Postado por Redação Ônibus de Campinas em 12 de Janeiro de 2018 às 05:27

A Secretaria de Saúde de Valinhos mantém um esquema especial de vacinação contra a febre amarela na cidade.

O objetivo é evitar que a doença chegue ao município, principalmente depois da confirmação de duas mortes em Atibaia e uma em Jarinu na última terça-feira.

A vacina é gratuita.








Os casos de Atibaia e Jarinu reforçaram a necessidade do Ministério da Saúde anunciar a ampliação da vacinação contra a febre amarela para 75 cidades dos estados de São Paulo, Rio de Janeiro e Bahia.

As campanhas serão feitas entre fevereiro e março.

Segundo a Secretaria da Saúde de Valinhos, o município já vem promovendo a vacinação em massa desde outubro do ano passado porque faz parte da área de risco (devido a casos registrados em macacos).

A vacinação em dose única está disponível em todas as Unidades Básicas de Saúde do município em dias e horários específicos.

Na UBS da Vila Santana ela ocorre sempre as terças, quartas e sextas-feiras das 9h às 10h30 e das 13h às 15h.

O escalonamento dos dias de vacinação é em função da redução da procura, para que não haja desperdício, pois cada frasco dá para dez doses e, depois de algumas horas, ele precisa ser descartado.

“A procura caiu bastante, com uma média de três a cinco aplicações por dia em cada unidade, com exceção da UBS da Vila Santana onde são atendidas aproximadamente 15 pessoas”, explicou a diretora de divisão da Vigilância Epidemiológica, Cláudia Maria dos Santos.

Desde o ano passado, foram realizadas 38.659 doses da vacina. A Secretaria da Saúde não tem como precisar o percentual de pessoas que já foram vacinadas na cidade, isso porque no ano 2000 foi promovida uma campanha de vacinação em todo o Estado.

“Começamos a fazer a contagem de aplicações a partir do ano passado”, disse a diretora.

Em 2017 o município notificou oito casos suspeitos de febre amarela em humanos, sem registro de mortes suspeitas.

Sete dos resultados foram negativos.




Um aguarda resultado.

Em primatas foram encaminhados para análise 64 macacos, destes 60 foram negativos e quatro aguardam resultados.

Veja onde ficam as UBSs de Valinhos

  • UBS Reforma Agrária: Núcleo Reforma Agrária, s/nº.Telefone: 3881-2611
  • UBS Jardim Imperial: Rua Campinas, 633. Telefone: 3871-3131
  • UBS do Bom Retiro: Estrada dos Ortizes, 16. Telefone: 3871-5364
  • UBS Jardim Pinheiros: Rua Horácio Salles Cunha, 258. Telefone: 3871-2218
  • UBS Paraíso: Ruas das Acácias, s/n º. Telefone: 3869-3977
  • UBS Maracanã: Rua Pedro de Lucca, 285. Telefone: 3869-3377
  • UBS Macuco: Rua Valdemar Lazaretti, s/nº. Telefone: 3881-2336
  • UBS Central: Rua Silvio Concon, 78. Telefone: 3829-4278
  • UBS Centro de Saúde II: Avenida Brasil, 144. Telefone: 3829-5670.
  • UBS São Marcos: Rua Três, s/nº. Telefone: 3869-2002
  • UBS Jurema: Rua José Salles Pupo, 71. Telefone: 3869-3222
  • UBS São Bento: Rua Itajaí, 70. Telefone: 3869-9443
  • UBS Parque Portugal: R. Abrantes, 550. Telefone: 3849-3634
  • Centro de Saúde da Vila Santana: Avenida Brasil, 144. Telefone: 3829-5670