Workshop em Campinas vai ensinar a como agir em caso de afogamento

Postado por Redação Ônibus de Campinas em 19 de novembro de 2017 às 17:57

A Liga do Trauma da Unicamp (Universidade Estadual de Campinas), em parceria com a SBAIT (Sociedade Brasileira de Atendimento Integrado ao Traumatizado), vai promover o workshop Salvamento Aquático, na próxima terça-feira, 21, às 12h30, no TCC (Tênis Clube de Campinas).

O evento, que é gratuito e aberto ao público, dará instruções práticas e teóricas sobre salvamento aquático, prevenção de afogamento e treinamento de Reanimação Cardiopulmonar.

A atividade faz parte da Semana Latino-Americana de Prevenção em Afogamento. As orientações serão dadas pelos alunos da Liga do Trauma, Corpo de Bombeiros e Instituto Terzius.

“Nós queremos que o leigo saiba agir em uma situação de afogamento. Neste workshop, vamos mostrar as etapas do afogamento, como as vítimas devem ser retiradas da água e quais as manobras que precisam ser feitas até que chegue uma equipe de socorro”, explica o coordenador do Comitê de Prevenção da SBAIT, Gustavo Pereira Fraga. “Na ocasião, as pessoas também vão aprender a fazer a Reanimação Cardiopulmonar. A SBAIT tem feito um grande trabalho de divulgação da RCP porque ela é fundamental para salvar a vida do paciente até a chegada do resgate”, completa.

O workshop tem duração de duas horas e meia. Após as orientações teóricas, todos vão para a piscina colocar os ensinamentos em prática.

“É preciso ter técnica para retirar da água uma pessoa que está se afogando. Como ela fica desesperada, pode comprometer a segurança de quem está tentando ajudá-la. Neste workshop, as pessoas vão aprender a fazer tudo isso e quais são os primeiros procedimentos que devem ser adotados até que chegue ajuda capacitada”, antecipa um dos organizadores do evento, o orientador da Liga do Trauma Thiago Calderan.

Segundo dados da Sobrasa (Sociedade Brasileiro de Salvamento Aquático), 17 pessoas morrem, em média, por dia no Brasil, vítimas de afogamento.

São seis mil pessoas por ano. Esta é a segunda causa de morte na faixa entre 1 e 9 anos; a terceira entre 10 e 19 anos e a quarta, na faixa dos 20 aos 25 anos.

As inscrições são gratuitas e devem ser feitas antecipadamente pelo link https://goo.gl/Pq5nuA .

Os participantes devem levar traje de piscina e toalha. As vagas são limitadas.