Finanças | O que é o Seguro Popular de Automóveis e quais seus prós e contras?

0
192

Em mais uma matéria sobre seguros, saiba tudo sobre o seguro popular de automóveis.

Foram anunciadas no último dia 1º de abril as regras para o seguro popular de automóveis.

De acordo com a divulgação no Diário Oficial, a cobertura principal do seguro popular será a indenização em caso de colisões com dano parcial, isto é, que não causam perda total. Isso significa que todas as apólices de seguro popular precisam, necessariamente, incluir essa cobertura.

Outra característica da cobertura é que qualquer modelo e ano poderá ser segurado pela modalidade.

Isso é uma mudança em relação à proposta que ficou em consulta, onde previa-se que somente carros com mais de 5 anos teriam a cobertura.

Além disso, o segurado terá a liberdade de realizar consertos em oficinas de sua escolha.

No entanto, será obrigatório informar que o reparo será realizado com peças de desmonte.

As seguradoras também poderão complementar os produtos com coberturas e assistências opcionais.



Repercussão no mercado de seguros

Embora a modalidade tenha sido bem recebida pelas seguradoras, o mercado propôs à Susep algumas alterações no modelo.

O ponto principal é o que trata das peças de reposição.

De acordo com entrevista no site da Fenacor, o presidente da CNSeg, Confederação Nacional das Seguradoras, Márcio Corolano, “não temos no Brasil um número suficiente de empresas regulamentadas para atender o mercado”.

A entidade propõe liberar o uso de peças que não sejam originais no conserto de veículos protegidos pelo seguro auto popular.

Além disso, a entidade entende que outros pontos devem ser revisados. De acordo com a entidade, partes da resolução que dizem que o segurado deverá ter a liberdade de escolher a oficina de sua escolha e a liberação para a contratação por qualquer veículo, pode ter um impacto negativo, diferente do pensado.

Ao fim dessa discussão, a Superintendência de Seguros Privados (Susep) indicou em resolução nº 340 de 30 de setembro de 2016 no Diário Oficial da União que a utilização de peças vindas do desmonte de carros não afasta a possibilidade do uso de peças de reposição adequadas e novas.



A resolução indica, na prática, que poderão ser utilizadas tanto peças de desmonte como também peças novas, ficando a escolha a cargo do segurado, que deverá ser informado sobre a procedência e se a peça em questão é adequada para utilização no carro.

As seguradoras agora se preparam para apresentar seus produto para aprovação da Susep, fazendo com que os mesmos possam ficar disponíveis ainda este ano.

Algumas, como a Tokio Marine e a Azul, já lançaram produtos.

Primeiros produtos

A Azul Seguros, que faz parte do grupo Porto Seguro, lançou um produto que se encaixa na classificação do seguro popular, o Seguro Auto Popular Azul.

No começo, ele atenderá carros da cidade de São Paulo e região metropolitana para, depois, expandir o público. Carros com o valor de até R$ 60 mil, fabricados há cinco anos ou mais poderão ser segurados com este seguro popular.

O foco do seguro são pessoas que ainda não tem um seguro auto por conta do preço.

Por isso, será um produto mais barato para caber no orçamento. Segundo a empresa, o valor será reduzido em até 30% em relação a um seguro normal, já que serão utilizadas peças usadas em caso de sinistro.

O produto da Azul Seguros terá cobertura básica contra colisão, furto, roubo, assistência 24 horas, guincho para até 100 km e indenização de 80% a 90% do valor da Tabela Fipe.

Além disso, o segurado poderá contratar a cobertura de Responsabilidade Civil Facultativa (RCF), Danos Morais e Estéticos.

Outra seguradora que também já lançou seu produto foi a Tokio Marine com o Tokio Marine Auto Popular.

Assim como o produto da Azul, ele tem como foco as pessoas que não tem seguro auto devido ao preço salgado. Diferente do produto da Azul, no entanto, ele oferece como cobertura básica somente colisão e incêndio com indenização total ou parcial – o que pode baratear o preço em até 50%.

Além disso, ele pode ser personalizado de acordo com a necessidade do segurado.

Na próxima semana, vamos continuar falando do seguro auto popular.

• Com informações do Bidu Online.